Dicionário de tradutores literários no Brasil

Thiago de Mello

Perfil | Excertos de traduções | Bibliografia

Thiago de Mello nasceu em Barreirinha, AM, em 1926. É poeta, tradutor, escritor, jornalista, artista gráfico e roteirista. Foi Adido Cultural da Embaixada do Brasil na Bolívia e no Chile. Fez para a televisão programas culturais sobre artistas consagrados como Jorge Luis Borges, Manuel Bandeira (em seu centenário), Augusto dos Anjos, Alfredo Volpi, Joan Miró; fez também um sobre seu livro Amazonas, Pátria da Água. Teve poemas musicados por Pixinguinha, Ary Barroso, Monsueto, Manduka e Nilson Chaves, entre outros.

Morou na Argentina, Uruguai, Chile, Nicarágua, Equador, Cuba, México, Alemanha, França, Bélgica, Espanha e Portugal. Durante a ditadura militar, nas décadas de 60 e 70, foi preso e viveu oito anos de exílio.

Fez sua primeira tradução aos 19 anos, do poema "Noturno", do colombiano José Asunción Silva; nos anos seguintes publicou traduções de Friedrich Hölderlin, Garcilaso de la Vega, Federico García Lorca, Francisco de Quevedo e outros em revistas e suplementos literários diversos. Em 1959 verteu para o português Patria de sal cautiva, do boliviano Óscar Cerruto, sua primeira tradução profissional.

Thiago de Mello só faz tradução literária, mais de poesia que de prosa, sobretudo do espanhol, embora tenha traduzido também do inglês e do francês. Costuma participar de eventos de poesia no Brasil e no exterior, onde lê poetas hispano-americanos traduzidos por ele ao português e poemas seus traduzidos ao espanhol. O seu fazer tradutório se desdobrou em algumas ocasiões em reflexões sobre a arte de traduzir, como na introdução aos poemas do peruano César Vallejo.

Verbete publicado em 2 de October de 2005 por:
Pablo Cardellino
Walter Carlos Costa

Bibliografia

Traduções Publicadas

Arce, Homero.  Os Íntimos Metais. [Por: Thiago de Mello]. Santiago de Chile, Cadernos Brasileiros, 1964. Edição bilíngue. Ilustrado por Pablo Neruda.

Cardenal, Ernesto. Cântico Cósmico. [Por: Thiago de Mello]. São Paulo: Hucitec, 1996. (Cántico cósmico).

Cardenal, Ernesto. Oração por Marilyn Monroe.[Por: Thiago de Mello].  Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1983.

Cardenal, Ernesto. Salmos.[Por: Thiago de Mello].  Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1983.

Cardenal, Ernesto. Vida no Amor.[Por: Thiago de Mello].  Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1984. (Vida no amor). Prosa.

Cerruto, Óscar. Pátria de sal cativa. [Por: Thiago de Mello]. La Paz: Centro de Estudos Brasileiros, 1959. (Patria de sal cautiva). Poesia.

Diego, Eliseo. Debaixo dos Astros. [Por: Thiago de Mello]. São Paulo: Hucitec, 1994.

Eliot, T. S. A Terra Desolada e Os Homens Ôcos. [Por: Thiago de Mello (português); Flavian Levine (espanhol)]. Santiago de Chile: Editorial Universitária, 1963.

Guillén, Nicolás. Sóngoro Cosongo e Outros Poemas.[Por: Thiago de Mello].  Rio de Janeiro: Philobiblion, 1987.

Mello, Thiago de (Org.). Poetas da América de Canto Castelhano. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, previsto para o primeiro trimestre de 2006.

Neruda, Pablo. Antologia Poética de Pablo Neruda. [Por: Thiago de Mello]. Rio de Janeiro: Letras e Artes, 1962. Poesia.

Neruda, Pablo. Cadernos de Temuco: 1919-1920. [Por: Thiago de Mello]. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998. (Cuadernos de Temuco). Poesia.

Neruda, Pablo. Farewell. [Por: Thiago de Mello]. Santiago de Chile: Cadernos Brasileiros, 1963.

Neruda, Pablo. Prólogos. [Por: Thiago de Mello]. Rio de Janeiro, Bertrand Brasil: 2000.

Neruda, Pablo. Versos do Capitão. [Por: Thiago de Mello]. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998.

Neruda, Pablo. [Por: Thiago de Mello]. Presentes de um Poeta. São Paulo: Vergara & Riba, 2001.

Sabines, Jaime. Antologia. [Por: Thiago de Mello]. Rio de Janeiro: Bertrand, no prelo. Seleção do autor.

Vallejo, César. Poesia Completa. [Por: Thiago de Mello]. Rio de Janeiro: Philobiblion, 1987. Reimpressão: Belo Horizonte: Itatiaia, 2005.

Traduções para o espanhol

Bandeira, Manuel. La Estrella de la Mañana. [Por: Thiago de Mello]. Cadernos Brasileiros, Santiago de Chile, 1962.

Drummond de Andrade, Carlos. Antologia. [Por: Thiago de Mello; Armando Uribe Arce]. Santiago de Chile: Cadernos Brasileiros, 1963.

Mello, Thiago de (Org.). Panorama de la Poesia Brasileña. [Por: Thiago de Mello; Adán Méndez]. Santiago de Chile: Embaixada do Brasil, 1993.

Pena Filho, Carlos. Memorias del buey Serapián. [Por: Thiago de Mello]. Santiago do Chile: Centro de Estudos Brasileiros, 1963. Capa com gravura de Eduardo Vilches.

Obra própria

Poesia

Mello, Thiago de. Silêncio e Palavra. Rio de Janeiro: Hipocampo, 1951.

Mello, Thiago de. Narciso Cego. Rio de Janeiro: José Olympio, 1952.

Mello, Thiago de. A Lenda da Rosa. Rio de Janeiro: José Olympio, 1956.

Mello, Thiago de. Vento Geral. Rio de Janeiro: José Olympio, 1960. Obra reunida: Silêncio e Palavra, Narciso Cego, A Lenda da Rosa, Tenebrosa Acqua e Ponderações que faz o defunto aos que lhe fazem o velório,

Mello, Thiago de. Faz Escuro mas eu Canto. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1965. (14a reimpressão, 1993).

Mello, Thiago de. A Canção do Amor Armado. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1966. (7a reimpressão, 1993).

Mello, Thiago de. Poesia Comprometida com a Minha e a Tua Vida. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1975. (7a reimpressão, 1991).

Mello, Thiago de. Os Estatutos do Homem. São Paulo: Martins Fontes, 1977. Desenhos de Aldemir Martins. (6a reimpressão, 1991).

Mello, Thiago de. Horóscopo para os que estão vivos. Rio de Janeiro: Ciro Fernandes, 1982. Edição de luxo, ilustrada e editada por Ciro Fernandes.

Mello, Thiago de. Mormaço na Floresta. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1984. (3a reimpressão, 1993).

Mello, Thiago de. Vento Geral: Poesia 1951-1981. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1981. (3a reimpressão, 1990).

Mello, Thiago de. Num Campo de Margaridas. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1986.

Mello, Thiago de. De uma vez por todas. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1996.

Prosa

Mello, Thiago de. Notícia da Visitação que fiz no Verão de 1953 ao Rio Amazonas e seus barrancos. Rio de Janeiro: Ministério da Educação, 1957. (2a reimpressão. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1989).

Mello, Thiago de. A Estrela da Manhã: Estudo de um poema de Manuel Bandeira. Rio de Janeiro: Ministério da Educação, 1968.

Mello, Thiago de. Arte e Ciência de Empinar Papagaio. Manaus: BEA, 1984. Edição de luxo. (2a reimpressão. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1985).

Mello, Thiago de. Manaus, Amor e Memória: Manaus: Suframa, 1984. Edição de luxo. (2a reimpressão. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 4a reimpressão, 1989).

Mello, Thiago de. Amazonas. Pátria das Águas. São Paulo: Sverner-Bocatto, 1991. Edição de luxo, bilíngue (português e inglês). Fotografias de Luiz Cláudio Marigo.

Mello, Thiago de. Amazônia, a Menina dos Olhos do Mundo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1992.

Mello, Thiago de. O Povo Sabe o Que Diz. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1992. (2a reimpressão, 1993).

Mello, Thiago de. Borges na Luz de Borges. São Paulo: Pontes Editores, 1993.

No Exterior:

Mello, Thiago de. Madrugada Campesina. [Por: Armando Uribe]. Santiago do Chile: Arco CEB, 1962.

Mello, Thiago de. Poemas. [Por: Pablo Neruda]. Edição de luxo, fora do comércio, 1962. Ilustração de Eduardo Vilches.

Mello, Thiago de. Horóscopo. Santiago do Chile: Mario Toral, 1964.

Mello, Thiago de. Os Estatutos do Homem. Lisboa: ITAU, 1968.

Mello, Thiago de. Los Estatutos del Hombre. Montevidéu: Club de Grabado, 1970.

Mello, Thiago de. What Counts is Life. USA: Geo Pflaum Publisher, 1970. (2a reimpressão, 1972).

Mello, Thiago de. Canto de Amor Armado. Buenos Aires: Crisis, 1973.

Mello, Thiago de. Poesia Comprometida com a Minha e a Tua Vida. Lisboa: Moraes, 1975.

Mello, Thiago de. A Canção do Amor Armado. Lisboa: Moraes, 1975.

Mello, Thiago de. Dio Statuten des Menschen. Wuprttal, RFA: Peter Hammer Verlag, 1976.

Mello, Thiago de. Gesang der Bewffneteten Lieben. Wuperttal, RFA: Peter Hammer Verlag, 1984.

Mello, Thiago de. Os Estatutos do Homem. Correio da Unesco, 1982. Tradução para mais de trinta idiomas.

Mello, Thiago de. Poesia de Thiago de Mello. Havana: Casa de Las Américas, 1977.

Mello, Thiago de. Chant de l'amour Armé. Paris: Cerf, 1979.

Mello, Thiago de. "Amazonas, Land of Water". [Por: Charles Cutler]. In: The Massachusets Review, USA, 1986.

Mello, Thiago de. Statutes of Man. Selected Poems. [Por: Richard Chappel]. Londres, Spenser Books, 1994.

Discos:

Mello, Thiago de. Poesias de Thiago de Mello. Rio de Janeiro: Discos Festa, 1963.

Mello, Thiago de. Die Statuten des Menschhen. RFA, 1976. Cantata para orquestra e coro. Música de Peters Jansen.

Mello, Thiago de. Thiago de Mello, Palabra de esta América. Havana: Casa de las Américas, 1985.

Mello, Thiago de. Mormaço na Floresta. Rio de Janeiro: Som Livre, 1986. Locução do autor.

Mello, Thiago de. Os Estatutos do Homem e Poemas Inéditos. Rio de Janeiro: Paulinas, 1992.

Apresentação | Créditos | Contato

ISBN:   85-88464-07-1

Universidade Federal de Santa Catarina

Centro de Comunicação e Expressão

Apoio:

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Última atualização desta página

©2005-2007 - NUPLITT - Núcleo de Pesquisas em Literatura e Tradução

Site melhor visualizado em janelas com mais de 600px de largura disponível.

HTML 4.01 Strict válido! CSS Válido!